Espro - Ensino social profissionalizante


Um dia Especial para pessoas Especiais.

As turmas ADM 106 e ADM 108, receberam um desafio especial, deste instrutor que vos fala e foram além…

Quando trabalhei o conteúdo “atendimento a diversidade” propus
para que as turmas  elaborassem jogos interativos e educativos para a turma
de PCD – Pessoas Com Deficiência, pois, atualmente, na Filial/BH temos uma
turma aprendizes com deficiências variadas.

A atividade foi um sucesso e promoveu a interação de todos. Além das
instruções de uso, os aprendizes também criaram o “envelope de verbetes”,
onde “postaram” mensagens de motivação que traduzem o sentimento de que
TODOS somos iguais, independente das dificuldades que tenhamos que enfrentar na vida.

E você aprendiz, que quer fazer a diferença, fale com seu instrutor e
colabore no desenvolvimento de atividades e jogos que possam enriquecer a
nossa experiência no programa de aprendizagem. Isso também é ser + Espro!

Desenvolvendo o futuro, transformando profissionais!

O ESPRO sabe que para atuar como uma instituição que “Educa, Transforma e Inclui” é preciso conhecer de perto os potenciais e gaps dos nossos aprendizes, seja dentro da atividade teórica ou prática.

Com o objetivo de acompanhar de perto o desenvolvimento dos aprendizes que exercem atividades práticas dentro da Filial Belo Horizonte, a pedido da gerência, foi desenvolvido um programa de acompanhamento específico a fim de propiciar um momento de reflexão sobre sua carreira profissional e seu aproveitamento no Programa de Aprendizagem.

Elaborado e conduzido pela Analista de Acompanhamento Shirlene Oliveira nos primeiro trimestre de 2013 e culminou em duas ações importantes após a avaliação técnica realizada pelo gestor:

  • Auto avaliação: Os jovens participaram de uma reunião, onde responderam um questionário individual, buscando identificar suas maiores dificuldades e suas expectativas frente ao programa de aprendizagem e ao Espro. Essa etapa é apontada pela analista como de fundamental importância e coerência frente ao que o setor de Acompanhamento acredita: que toda empresa e gestor/tutor devem acompanhar de perto e nortear o jovem nesse início de carreira”.
  • Video Motivador: Os jovens assistiram ao vídeo do Palestrante Daniel Godri “O coração está no poder”, com intuito de refletir sobre o momento em que se encontram como profissionais e sua relação com todos os integrantes da instituição.
  • Debate: Com o intuito de promover a conscientização dos jovens sobre a importância do programa de aprendizagem e os benefícios que o mesmo oferece para sua vida, através da vivência no ambiente de trabalho, comprometimento e conhecimento técnico de determinados processos e postura profissional adequada.

A ação traz para instituição apontamentos e ajustes a serem feitos de modo a fazer com que esses aprendizes sejam reconhecidos e valorizados dentro da instituição Espro. Após as ações o retorno dos aprendizes foi bastante positivo, tanto que a Analista relata ser “impressionante como os jovens mudam totalmente sua visão sobre a importância que o Programa de Aprendizagem e o Espro têm em suas vidas”.

Páscoa Solidária: Mais que um projeto Social, uma lição de vida!

Dia 23 de Abril de 2013, uma data que para muitos foi apenas mais um dia comum, para os alunos e funcionários da Escola Estadual Francisco Salles o dia foi mais que especial…

Durante os meses de março e abril os aprendizes da Filial/BH participaram do Projeto Páscoa Solidária que teve como objetivo promover uma ação de responsabilidade social e protagonismo juvenil.

O projeto consiste em adotar uma instituição, identificar sua necessidade e através de uma campanha de arrecadação contribuir para a melhoria e desenvolvimento da mesma.

A instituição escolhida é uma escola que trabalha com a inclusão de deficientes auditivos e a necessidade maior era de materiais pedagógicos. A Filial/BH arrecadou cerca de 1866 ítens, sendo 1445 materiais escolares/pedagógicos e 421 livros. A turma campeã de arrecadações BCO 1926 foi premiada e, juntamente com a gerente da Filial, Margareth Gouveia, e instrutor Cleber Oliveira, realizou as entregas à direção e alunos da escola.

Parabéns, a todos os aprendizes que se mobilizaram, aos instrutores que incentivaram e a direção da escola que abriu as portas ao Espro.

“A experiência foi muito válida, é muito gratificante poder participar de um projeto que envolve crianças tão especiais. Deveriam haver mais projetos com esta finalidade e voltados para o cunho social”. Thais Cristina Pereira Vieira, representante da BCO 1926.

“ Gostei muito da iniciativa… pois ajudando o meu próximo estou ajudando a mim mesmo”. Magno Marques Teotônio Ferreira, vice representante da BCO 1926

Por Cleber Oliveira.

 

Histórias de sucesso na Filial/BH

A cada dia, mais histórias de sucesso chegam à direção da Filial/BH e enchem de orgulho a equipe Espro. E uma dessas histórias é a de Cleisson Lima Pimenta, ex-aprendiz do programa de técnicas Administrativas, efetivado na empresa em que cumpriu o programa e hoje em busca de novas oportunidades. O rapaz, que concluiu o curso técnico em Rádio e TV em 2012 foi aprovado, em 2013, no vestibular do Centro Universitário Uni/BH para o curso de Jornalismo em 1º lugar.

Num bate papo rápido com jovem, a equipe do Blog buscou mais informações sobre sua trajetória e, a seguir, você confere o depoimento motivador do agora graduando em Comunicação Social.

Blog: Como administrar a aprendizagem prática e teórica e ainda, ser aprovado em vestibular?

Cleisson: – A administração varia bastante de cada aprendizagem. No meu caso, foi bem tranquilo. O ideal é se atualizar e começar a escrever sobre coisas que gosta (Esportes, Política, Cotidiano) ajuda na escrita, lapida as ideias e te apresenta outras.

Blog: Quais dicas vocês podem dar aos aprendizes sobre a(s) temática(s) anterior(es)?

Cleisson: 2 – Leiam e escrevam. Porém, leiam e escrevam coisas que gostem. Redação conta bastante no vestibular e no Enem e foi por meio dela que consegui tal façanha.

Blog: O que foi a experiência do Espro para você?

CLeisson: Para mim foi extremamente válida. Me fez crescer bastante pessoal e profissionalmente. Convivi com diversas situações com a aprendizagem básica e depois com a específica. Foi de grande valia para o meu crescimento e espero que seja pra vocês também.

Abraços,

Cleisson Lima Pimenta

Técnico em Rádio e TV

Estudante de Jornalismo – UniBH

Depois desta história maravilhosa, #ficaadica para o suq ebuscam neste programa um caminho para o futuro: Dedique-se e faça do seu aprendizado o melhor possível.

Seja + Espro você também e brilhe pela vida como nosso talento Cleisson Lima Pimenta.

Dia de comemoração no Polo Ipatinga

Em um dia de muita descontração no polo Ipatinga foi entregue a jovem Franciele Graciano Araújo a mochila como premiação por sua frase escolhida durante o concurso “Com o espro eu vou mais longe”.

A turma preparou uma homenagem a jovem, que ressalta o sentimento ao ganhar o prêmio, dizendo que:

“Quando nos é apresentado um desafio como este a expectativa é muito grande, afinal o homem foi educado para vencer sempre, apesar de as adversidades não permitirem o fazer sempre.

O sentimento que existe é de alegria pelo reconhecimento de algo bem feito, afinal o que nos move é o reconhecimento do que fazemos.

E esse é só o começo de uma vida profissional de reconhecimento e vitórias porque o que me move é o desejo de crescer e estar entre os grandes.”

Jovens participam de reunião de alinhamentos e café da manhã na filial BH

Os jovens que realizam atividade prática na filial BH tiveram a oportunidade de vivenciar uns dos momentos mais importantes do mundo corporativo, que é uma reunião de alinhamentos de resultados e confraternização.

O dia iniciou com um café da manhã com toda a equipe da filial BH, onde os jovens tiveram a oportunidade de entrosamento com todos os colaborares, criando vínculos e podendo compartilhar as experiências de cada um.

Logo após iniciou a reunião de alinhamento com a nossa gerente Margareth, nesse momento os jovens puderam vivenciar com toda a equipe a importância de cada um no planejamento do Espro, além de identificar varias dos temas abordados dentro de sala de treinamento como qualidade e metas.

Espro lança Histórias para se achar: jovens aprendizes, suas histórias, sonhos e conquistas

O Espro lança o vídeo documentário “Histórias para se Achar”, que conta a história de 8 jovens e suas famílias,  após serem atendidos pela instituição em diversas regiões do Brasil. Com 15 minutos de duração, o documentário foi produzido pela Agência Trust, em tecnologia digital  e percorreu cinco Estados brasileiros.O vídeo retrata histórias reais transformadas socialmente com o apoio dos projetos do Espro.

Dar acesso à educação, oportunidade de inserção no mercado de trabalho, estimular a cidadania e possibilitar o acesso à arte e cultura aos jovens, famílias e comunidade são ações realizadas por esta instituição há mais de 30 anos. O vídeo apresenta ainda as possibilidades de inclusão das Pessoas com Deficiência (PCDs) no mundo do trabalho.

Histórias para se Achar” é aquele tipo de filme necessário, que precisa ser visto e divulgado, pois emociona, indigna, solidariza e leva à tela uma situação recorrente ao nosso país: as desigualdades sociais de Norte ao Sul do Brasil, a busca do povo brasileiro para ter seu lugar ao sol, e instituições como o Espro que felizmente fazem parte dessas histórias de transformação social.

Acompanhe pelo nosso canal no You tube Espro Oficial.

 

Visita à Assembleia Legislativa de Minas Gerais – Uma aula sobre cidadania e política

As turmas Banc 14 e ADM 50 visitaram a Assembléia Legislativa de Minas Gerais localizada no bairro Santo Agostinho a poucas quadras do Espro/BH no mês de Junho. A visita orientada fornece todas as explicações sobre como nascem as leis estaduais, como é o trabalho dos deputados, como as pessoas exercem sua cidadania através do voto e através do acompanhamento do trabalho dos deputados eleitos. Eles viram também como é realizado o trabalho da TV Assembléia.

Os jovens tiveram a oportunidade de conhecer como funciona o gabinete de um dos deputados, acompanharam por um certo tempo os debates de uma das comissões que tratam da dívida externa do estado de Minas Gerais com a União, e ao final da visita entenderam como funciona a política, este tema que muitos jovens acham difícil e complexo.

Achei que a visita iria ser chata, mas foi muito esclarecedora. Agora vou entender melhor quando ver uma notícia sobre política na televisão. ” (Débora Cristina dos Santos - ADM 50|)

“A visita foi muito interessante.” (Christiane de Oliveira Silva - ADM 50)

 

 

Bienal do Livro de Minas Gerais – Jovens do Espro/BH marcaram presença!

No mês de maio (dias 22/05 e 24/05) as turmas de aprendizes Banc 13, Banc 14, Banc 15 e Banc 16 além de alguns aprendizes da ADM 65 tiveram a oportunidade de marcarem presença em um dos eventos mais esperados em Belo Horizonte este ano: a Bienal do Livro de Minas Gerais.

Os jovens aprendizes fizeram uma atividade orientada em que tinham que descobrir como se faz para publicar um livro, entrevistar pessoas sobre os motivos pelos quais os jovens não se interessam pela leitura, pesquisar quais eram os livros mais vendidos por faixa etária e também observarem os stands para descreverem quais eram as estratégias de marketing utilizados pelas editoras para chamarem a atenção das pessoas e venderem seus produtos.

Os preços dos livros estavam tentadores. Haviam livros de R$5,00, R$10,00, bem abaixo do preço normal e muitos aprendizes aproveitaram as ofertas.

A interdisciplinaridade esteve presente na visita,  e ao final houve debates sobre as questões propostas, além da perspicaz observação dos aprendizes que perceberam muitas outras questões o que acabou por enriquecer ainda mais o passeio, aliando divertimento e aprendizado.

 

Destacamos que  resultado foi  extremamente positivo, o comportamento dos jovens no evento foi exemplar.

Segue o depoimento de uma das aprendizes:

Visitar a Bienal foi a realização de um dos meus sonhos. Sempre tive a curiosidade de conhecer o Expominas e de visitar um feira grande de livros. Muito obrigada ao Espro, por ter conseguido trazer a gente aqui!”

(Graziella Pereira Santos – aprendiz do Banco do Brasil – Banc 15 –  Juatuba/MG)